Você sabe como funciona o Fator Previdenciário? Veja Aqui!

Você sabe como funciona o Fator Previdenciário? Veja Aqui!

O Fator Previdenciário foi criado em 1999 buscando controlar de gastos da Previdência Social. Tem por finalidade, calcular a relação da idade ou tempo de contribuição e com a expectativa de sobrevida para conceder a aposentadoria.

O Fator Previdenciário é o índice utilizado na obter o valor da renda mensal inicial da Aposentadoria por Tempo de Contribuição. Ao final de todos os cálculos com definição do salário de benefício, multiplica-se o resultado pelo Fator Previdenciário.

Quando o resultado for um índice menor que 1, haverá um redutor ao benefício. E com índice maior que 1, haverá um majorador ao benefício.

Ele tem por finalidade reduzir o valor das aposentadorias previdenciárias, na hora da concessão. Assim, de forma inversamente proporcional em relação a idade e o tempo à aposentadoria.

Publicidade

Entenda tudo sobre o fator previdenciário neste artigo!

O que o fator previdenciário leva em conta?

Há dois elementos principais que devem ser levados em conta no cálculo do valor do benefício, com o índice do Fator Previdenciário:

O tempo de contribuição

Ele irá interferir de forma direta no índice do Fator que será utilizado no cálculo.

Publicidade

Dessa forma, quanto maior for tempo de contribuição, menor será o redutor.

A Expectativa de sobrevida

Com a expectativa de sobrevida, é possível reduzir o valor do pagamento conforme o beneficiário mostre uma expectativa de vida maior.

Assim, quanto maior é a expectativa de vida, menor será o valor.

Publicidade

Ela é adquirida através da tabela completa de mortalidade feita pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base em toda a população do país, incluindo homens e mulheres.

Fator Previdenciário
Veja como funciona o fator previdenciário da sua aposentadoria!

Em que benefícios ele é usado?

Tem direito os segurados com o tempo de contribuição mínimo exigido visando obter o benefício, entre outros requisitos.

O tempo mínimo de contribuição integral é de 35 anos para os homens e 30 anos às mulheres. Contudo, sem uma idade mínima e carência de 180 meses.

A contribuição proporcional é preciso de contribuição de 30 anos aos homens e 25 anos às mulheres. Todavia, com idade mínima de 53 anos de idade aos homens e para mulher mínimo de 48 anos de idade e carência de 180 meses

O valor da aposentadoria integral e proporcional são diferentes, por isso o segurado deve pensar em todas as possibilidades, buscando escolher a melhor opção.

Como é feito o cálculo do fator previdenciário?

A fórmula tem por objetivo de diminuir os benefícios de quem se aposenta antes da idade mínima. E ainda, incentivar os segurados a contribuir por mais tempo.

Depois de todos os cálculos com a definição, multiplica-se o resultado pelo Fator Previdenciário.

Um índice menor que 1, age como um redutor da aposentadoria. Enquanto um índice maior que 1, age como majorador do benefício.

A fórmula usada é a 85/95 em que se somam a idade ao tempo de contribuição. Para o homem, o valor mínimo é 95 de soma, já a mulher o mínimo é 85.

Confira aqui todas as mudanças trazidas pela Reforma da Previdência…